sábado, 6 de setembro de 2014

Propaganda com bons exemplos


No último mês de agosto, fiquei surpreso ao assistir uma campanha de comemoração ao dia do Educador Físico.

Tratava-se de um comercial chamado “O que você quer ser quando crescer?” na televisão aberta. 

Nele, aparecem três jovens na sala de aula que são questionados sobre suas profissões no futuro: um menino negro e baixinho, uma menina e um menino bem gordinho. 

O primeiro diz que quer ser advogado (sendo acompanhado por um aluno), a menina diz que quer ser médica (sendo acompanhado por mais três alunos) e o gordinho diz que quer ser educador físico (sendo acompanhado pela maioria dos alunos na sala). 

A propaganda quebra com os estereótipos de que só meninos fortes e sarados podem se interessar pela educação física. Além disso, coloca três dos grupos que sofrem preconceito na escola (negros, mulheres e gordos) como agentes principais de expressão, valorizando-os. 

E o principal é colocar o menino gordo como aquele preocupado com a saúde do corpo, mostrando a desassociarão entre gordura e doença, tão comum no imaginário popular. 

Levando em consideração que a campanha foi feita pelo conselho federal de educação física e com o apoio dos conselhos regionais, é um atestado de que eles estão conscientes dos valores sociais que devem ser passado para os jovens escolares e tal campanha merece ganhar o espaço da sala de aula, não apenas para homenagear os educadores físicos, mas para dá uma lição de educação à todos. 

Assistam:


Postar um comentário